contatos

alternativasindicalsocialista@yahoo.com.br

Poá/Suzano: Sandro (11) 91745859
São Roque: Flávio (11) 75863509




27 de mar de 2010

Polícia Militar agride Professores no Morumbi

Na Assembleia realizada em frente ao Estádio do Morumbi foi decidida a continuidade da Greve. Houve uma sinalização do baixo escalão do governo para negociação, mas que na verdade se revelou uma armadilha para o nosso movimento. Enquanto a Apeoesp ia negociar com a casa civil (o que se revelou uma grande mentira, já que não aceitavam em nada nossas reivindicações), a polícia militar, a mando de José Serra, atacava os professores, montando assim um palco para que a grande mídia, ligada por interesses financeiros, econômicos e por amizades pessoais ao PSDB, tentasse desqualificar a luta dos professores paulistas.

Ao contrário do que foi divulgado por alguns jornais, a passeata dos professores sequer chegou próximo ao Palácio dos Bandeirantes. Alguns professores acabaram machucados por balas de borrachas e intoxicação por gás lacrimogêneo.

A próxima Assembleia será na Avenida Paulista, às 15 horas do dia 31 de março, quarta-feira.

Serra justifica, com sua ditadurazinha civil e neoliberal, seu mais novo apelido, "PinoSerra". Hoje já não temos o AI- 5, mas somos obrigados a conviver com o corte de salários de professores grevistas (fato que nem na época de Quércia, e de Fleury, o carrasco do Carandiru, acontecia).

Fotos de Marcos Ruívo e Alessandro Zapa, militantes da ASS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário